3 Dicas sobre técnica na guitarra

 

 

 

 

 

Geralmente, quando estamos iniciando nossos estudos na guitarra, logo buscamos ou nos deparando com diversos tipos de exercícios voltados para a técnica. Exercícios de técnica funcionam como ferramentas que proporcionam o desenvolvimento de certas habilidades específicas. Por exemplo: exercício para independência dos dedos da mão esquerda, legato, palhetada alternada, sweep e vários outros, cada um com um objetivo diferente. Eles permitem que o guitarrista se concentre em uma só técnica, de modo que ele possa desenvolve-la de maneira mais rápida. Praticando os exercícios da forma correta você poderá realizar em algumas semanas ou meses, algo que provavelmente levaria anos. Alguns associam a qualidade do guitarrista ou violonista ao tempo que ele possui ou toca o seu instrumento, porém isso não quer dizer muita coisa. Então, aqui vão algumas dicas!

 

1- Praticar em andamento lento.

Você deve praticar com um andamento lento o suficiente para que você possa executar determinado exercício sem erros. Lento o suficiente para ser perfeito. Seus dedos irão se mover exatamente da maneira que você os treinou para se moverem. Se, logo de início, você pratica algo em velocidade rápida e repete aquilo cem vezes errado, por que esperar que na centésima primeira você consiga, de repente, soar limpo e preciso? Entretanto, se você praticar algo cem vezes lentamente e com os movimentos perfeitos, você poderá ter a certeza de que na centésima primeira você soará limpo e preciso novamente! Você não deve praticar erros, deve praticar lento o suficiente para sair perfeito! Dedos treinados lentamente (e depois aumentando a velocidade gradativamente) se tornarão precisos e confiantes, ao passo que dedos treinados somente em velocidade rápida possuirão menos controle e poderão lhe causar “brancos” caso você esteja um pouco nervoso na hora da execução.

 

2- Concentre-se na proposta do exercício.

Já que o exercício foi elaborado com o intuído de focar em uma habilidade específica, você deverá estar ciente do seu real objetivo para poder se concentrar na sua proposta e realiza-la de maneira proveitosa.

 

3- Não gaste muito tempo em um só exercício.

Vamos usar o exemplo de uma academia de ginástica. Para quem está começando, o treino inicial costuma ser bastante cansativo, então é preciso descansar e voltar a malhar no dia seguinte, depois descansar e voltar a malhar novamente. Repetindo esse processo, o atleta irá desenvolver sua musculatura e se tornar forte, além de que, com o tempo, o processo se torna menos cansativo e mais prazeroso. O mesmo acontece com a guitarra. Se você toca a mesma coisa várias vezes por muito tempo, você alcançará o ponto em que começou para pior. A melhor coisa a fazer é descansar os músculos que estavam sendo exercitados. Toque algo diferente volte a tocar o exercício um tempo depois. Você irá se surpreender com a maneira que ele se tornou mais fácil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rafael Gurgel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Toque 300 Cifras para Iniciantes no Violão

 

 

 

 

.

Please reload

Redes Sociais

  • Wix Facebook page
  • YouTube Social  Icon